sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

... e afinal, ele já cá está =)

 
Por vezes é necessário termos esperanças realistas. Não esperar demasiado, não aumentar expectativas, não " dourar a pílula" para que ela não venha a ter um "sabor amargo".
 
O novo ano chegou ( chegava mesmo que não o quisessemos) e era necessário que assim fosse, porque necessitamos de renovações, mesmo que simbólicas, para mantermos viva a chama da esperança.  O ser humano faz-se, para além de vida vivida, de formas de vida projectadas, pensadas, elaboradas. É a nossa percepção do que nos rodeia, que nos ajuda a processar o que nos acontece e preparar o que pode acontecer. Um planeamento definido aliado a um trabalho arduo oferece-nos garantias: perpectivas, segurança e confiança.
Confiemos que 2013 será um ano melhor. Mesmo que todos os dias nos encharquem com pessimismos, violências ou essa nova moda do culto da desgraça, acreditemos que ( à nossa escala) poderemos marcar a diferença. 
 
Acreditar no trabalho daqueles que nos dizem algo, que nos acrescentam, que sabemos que prestarão as suas contas e que manterão as suas ideias e valores, mesmo que por vezes à custa de algum esforço pessoal, é sobretudo acreditar no ser humano, como "algo" muito para além do mundo animal: um ser complexo, maravilhoso e dotado de capacidades únicas como capacidade de querer, amar e imaginar.
 
 
 
 
 
 
 
 



a primeira imagem retirei daqui e as outras do "amigo" google  =)

 

6 comentários:

  1. Obrigada pelo link, assim foi fácil cá chegar :) já adicionei à Lista :)
    Tenho este feitio de não gostar do... inscreve-te aqui, ali, acolá... inscrevo-me quando e se me apetecer ;)
    Quanto ao assunto do post e do não esperar demasiado, ando por cá há 55 anos (mais de meio século);) e penso que já era tempo de... Mais... qualquer coisinha porque parece que avançamos muito na tecnologia mas em relação à humanidade, andamos sempre em círculos, quantas bolhas económicas que fazem recessões, quantas guerras... erros que se repetem sempre com consequências idênticas, não avançamos porque ainda não conseguimos desligarmo-nos das miudezas e pensar global... com a net estava convencida que essa consciência sobre os grandes problemas poderia arrancar e trazer grandes mudanças a esse nível... ou talvez e mais uma vez, eu esteja a pedir demais... ou talvez não ;)

    Bjos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ...acho que estás a pedir o razoável =D

      beijinhos

      Eliminar
  2. E já que ele já cá está, vamos fazer o nosso melhor! :D
    Adoro a Mafalda e o teu optimismo.

    beijinho e BOM 2013!

    ResponderEliminar